quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Lobito: Mecânica Mental Angolana

Olá. São 13.12h da tarde e depois de um bom almocinho, resolvi escrever os factos da manhã. Novamente para ocupar os tempos livres de quem espera pela sua vez de fazer os testes computorizados, resolvi arranjar um tema de conversa e uns jogos...eles acabaram por se interessar pelos jogos. Então foi muito engraçado porque fiz aqueles problemas de bolso, que toda a gente sabe mas erra sempre :) , o problema do barco que é "vitima" da subida da maré; o do caracol que quer subir um poste, mas ao subir 2m e desce 1m, o dos 9 pontos que têm de ser atravessados por apenas três linhas,

. . .

. . .

. . .

o dos simbolos:

I
I I
II I
I II I I
I I I II II I
(escrevam a proxima linha se conseguirem)

ah também fiz aqueles de Insight:

- Uma familia tem 5 irmãos, cada irmão tem uma irmã, tendo em conta a mãe, quantas mulheres ha na familia?
- Uma Sra. deixou cair um lenço de papel num copo cheio de café, mas o lenço nao se molhou, como?
- Um policia apanhou um individuo sem carta de condução, a ignorar um sinal vermelho e em sentido contrario numa rua de sentido unico, mas ainda assim nao o multou, porquê?
...

Foi a risada total, muitos "Ahas", muitas auto-"belinhas" nas testas, poucas ou quase nenhumas respostas correctas. Já levaram coisas novas para casa e o tempo passou-se de uma forma melhor, mais intelectualmente estimulante. à tarde vou repetir :) e até já tenho mais jogos, contribuição do Sr.MP

Hoje à noite para descomprimir do trabalho e para mimar o corpinho, vou atacar uns caranguejos, juntamente com os meus colegas. Uma boa comidinha anima o coração e afasta os mimos que se depositam diariamente com a saudade.

Beijocas

9 comentários:

Anónimo disse...

MissCreativity,

Apesar de teres uma relação original com os teus alunos, achas que também aprendes? Se for uma aprendizagem bilateral, esta Angolanização contagiante, associado ao grande progresso deste País também muda os hábitos e costumes dos Europeus.

Parabéns pelo teu trabalho.

MissCreativity disse...

A relação de aprendizagem é sempre bilateral. Gosto muito de saber como é o dia-a-dia dos angolanos, bem como as suas motivações, desejos, sonhos e expectativas; que são bem diferentes das nossas, e que provavelmente no futuro tenderão a ser cada vez mais semelhantes, dada a globalização. Posso não partilhar dos mesmos valores e hábitos dos que aqui vivem, mas respeito-os muito e gosto de os conhecer. Felizmente terei mais oportunidades de conhecer estas realidades

Anónimo disse...

Oi filhota

..mas q "trabalho"tão original

a minha opinião:
"aculturamento"sim!

mas,respeito pelos usos e costumes de cada povo (as nossas raizes são o q são,e o regresso ás origens será por vezes aquela cereija em cima do bolo-mas, entretanto, um bocadinho daquele proverbio "no ribatejo sê ribatejano no alentejo sê alentejano" -por vezes ñ é facil mas...depois...depois logo se vê

um beijão

MissCreativity disse...

pois pai, mas é que os angolanos são ligeiramente diferentes dos portugueses, afiambram-se mais, gostam do toque, e se queres que a tua filha se comporte tal como esse proverbio diz, então terás depois de ajustar contas com o Popey, ele ficará furioso...Aqui as angolanas oferecem-se para tudo. para tudo mesmmmooo...claro está, não são todas. Mas digamos que aqui é fácil para um homem ter o que quer, e calculo que para as turistas mulheres também...portanto deixa-me ser portuguesa tradicional :)

Pat disse...

Bem...nota-se na escrita que a vossa relação não é obviamente estritamente profissional. E isso é óptimo...acho que as saudades serão mútuas, não é Rute...
Uma experiência inesquecível concerteza.
Entretanto vou ali para o canto salivar com a sobremesa da mãe marguinha...
Bjs

CC disse...

Aquela da auto-"belinha" fez-me rir... Imaginei toda a gente à chapada na testa... hehehehe

Pois há certos provérbios que não devem ser considerados em todas as culturas. Sim maninha enquanto aí estiveres permanece bem portuguesinha.

Beijocas

PoPey disse...

Bom, o que é que eu hei-de dizer depois do que ficou dito??
São só bons conselhos, claro !! hehehe

Mantêm-te portuguesinha sim, pelo menos evitando o "toque" !! O Africano sabe respeitar isso. Claro que tenta de forma talvez mais evidente pois a sociedade não reprime tanto como a tradicional Europeia.

Mas olha... uma mulher pode ser honrada em qualquer parte do mundo por muito Angolonizada que esteja, correcto ?!

Eu sou Africano e não é por isso que ando por aí a "tocar" !!
Não sei se elas queres ou não... eu é que sei respeitar quem o merece !!

Volta mas é rápido que já tenho saudadinhas !! hehehhehe

Beijos !!

Marguinha disse...

Olá, desde há pouco!
Conta-me tudo.. esses carangueijos que ontem atacaste são melhores ou menos saborosos que os do Alasca?
Amanhã quero uma descrição pormenorizada de Benguela, okay?

Deixa-me dar aqui um recadito ao popey....Acabaste te "tocar" profundamente "no coração" de uma mulher/mãe, obrigada por fazeres parte da minha família.

Fofinha,até amanhã e bom jantar, agora são horas de ir sapatear....
Miljinhos

PoPey disse...

Não sei o que dizer...

Talvez fique bem um simples... OBRIGADO!

Beijos...