quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Lobito - Quinta-feira dia 07.08.08

Olá a todos, estive um pouco ausente dado o aglomerado de trabalho que entretanto deixei amontoar...e como trabalho melhor sobre pressão, estive então durante dois dias (ontem e hoje) de volta de dezenas... e dezenas... e dezenas de testes psicotécnicos...ainda me faltam seis, mas já sentia vontade de escrever.












Hoje de manhã fui ver o comboio a chegar à estação, não vinha embrulhado num manto de pessoas que se debruçam em cima, dos lados e atrás do comboio, pelo contrário, a título excepcional e infelizmente para mim, vinha até bastante composto...não tive então a experiência surreal de presenciar o "normal" funcionamento das linhas de ferro. Foi muito interessante, no entanto, ver tudo o resto.

A forma como as pessoas viajam nestes comboios é alucinante, são vagões de carga/mercadoria onde foram colocados assentos de ferro, numa disposição similar aos do nosso metro, uns contra os outros. No entanto esqueçam qualquer assento forrado, é mesmo chapa!! Fora esses vagões mobilados, existem as carruagens de 3ª classe, que pelo que vim a saber ainda existem porque o regulamento que diz que os negros não podem viajar em classe superior à 3ª, ainda se mantém... ou será que estou enganada e já foi alterado, mas eles ainda agem da mesma maneira? Bom, é indiferente, a realidade é dura de se ver...












O comboio pára finalmente e as pessoas saem cheias de mercadorias, os homens vêm de mãos a abanar ou somente com pequenos objectos de bolso, já as mulheres tropeçam em tanta coisa que carregam,
se não vejamos:
- enrolados no seu corpo estão bebés recém-nascidos, até 2 anos.
- em cima da cabeça está um pano que faz a ponte entre o cranio e um alguidar com algumas dezenas de kilos de fruta, cana de açucar, diversos alimentos, peixe, etc...
- nos braços trazem sacos com outros mantimentos.













O objectivo é que à saída da estação, as mulheres encontrem um espaço no passeio da rua para colocarem os seus bens à venda, enquanto carregam os seus filhos durante todo o dia.


Vou jantar, já volto.

P.S.- em resposta a algumas perguntas:

- os angolanos sorriem muito
- nao vi flamingos ainda, aguardo por essa surpresa
- há muita riqueza por dentro de casas com muito mau aspecto...é quase tipo o estilo de vida dos ciganos

até já

4 comentários:

Marguinha disse...

Também, e principalmente em África, as mulheres são a força genuína da natureza....o forte sexo fraco!
O bichano que te picou já não vai picar mais ninguém,sabes porquê?pois..pois,é que ingeriu um pouco da tua doçura!
Miljinhos

PoPey disse...

Não tenho essa experiência ver o comboio a chegar apinhado de pessoas! E é pena que também não tenhas tido essa experiência para a poderes testemunhar e partilhar connosco através de umas fotos/vídeos. Fica aqui um "cheirinho" que encontrei no Youtube e que mostra as tais carruagens de 3º classe !!

http://br.youtube.com/watch?v=XDZqqNP6dMA&feature=related

Beijos... !!

CC disse...

No final desta viagem tens que publicar um livro com esta experiência. Escreves muito bem e o tema é muito interessante. "Viagens da minha vida".

PedrinhoSSM disse...

É mesmo 3o mundo.
Concordo com o que (a)o "cc" disse. Tens que escrever um livro mais completo com todas estas historias.
Pelo menos para os amigos.
Jokinhas.