terça-feira, 5 de agosto de 2008

Dia 2 – 1º dia de trabalho: segunda-feira dia 04 de Agosto

São 8.12. Acordei ás 06.30h para tomar banhinho e aprontar-me para este grande dia. Dormi bem… montei a rede anti-mosquito, que criativamente coloquei por cima de um quadro que estava pendurado na parede da cabeceira da cama, deixei cair o resto da rede sobre a cama, dormi até às 05.30h e depois deixei-me ficar. Aqui os camiões passam a noite inteira, bem ditos tampões de ouvidos! Os chineses trabalham noite e dia pelos vistos. É engraçado verem-se os chineses bronzeados pelo sol, com aqueles chapéus tradicionais de palha redondos, começa a ser uma mistura de culturas interessantes, com “fardas” tão específicas…é mesmo uma terra de oportunidade, estão cá todos.

Fui tomar o pequeno-almoço. Pouco comi, uma pessoa desconfia de tudo e depois de ver uma ou duas baratas a passearem-se pela comida…aliado às possíveis contaminações de águas, a coisa fica difícil, optei por um chá, que à partida significa que a água foi fervida, e um pão com fiambre. Trouxe merenda para o meio da manhã, porque aqui nunca se come fora do hotel, não há pastelarias nem cafés…só há mesmo pedras e pó.

Trabalhar em Africa com a típica má organização portuguesa é um caos…hoje vai ser um desafio, não tenho parte dos materiais que deveria ter…mais uma vez o inesperado torna-se esperado, é a selva. Por alguma razão que desconheço, parte dos testes psicotécnicos voaram de Lisboa para Luanda com pessoas que eu desconhecia, acabaram por ficar em Luanda porque essas pessoas também não sabiam para que eram os materiais. Resumindo, encontrámo-nos todos no Lobito, mas não há materiais. C’est la vie, tenho de trabalhar com o que tiver à mão…há que improvisar e ser criativa…

…voltarei dentro de algumas horas…

São 14.34h estou em sala com 5 candidatos, que neste momento preenchem um teste de personalidade. É uma dificuldade e uma prova de resistência ser entendida nas instruções que dou sobre cada teste e o tempo de aplicação vai para o dobro do que é recomendado! A 12ª classe deles nada tem a ver com o nosso 12º ano e a mim fizeram-me crer que eram equiparáveis…resultado: procurei testes para pessoas de secundário, BIG MISTAKE…não sabem ler sequer. Devia ter confiado nas palavras sábias do meu pinguim que já cá esteve e sabe o tipo de instrução que eles têm…na verdade não podemos dizer que é melhor ou pior que a nossa, é simplesmente diferente e devíamos estar preparados para isso.

Numa tarde inteira apenas avaliei três pessoas…que frustração, nem com os testes informatizados com pedais e botões eles se deram bem…primeiro tive de interromper os testes de personalidade que já iam em meia hora…depois não conseguiram fazer com sucesso os testes de atenção, ficaram muito abaixo da media dos da manhã, que chatice, espero que amanhã corra melhor.

Amanhã vou ver as vistas, dizem que há “vistas” bonitas, portanto vamos lá explorar isso. Os meus “papás” querem que eu conheça mais de Africa e acho bem que me queiram mostrar as raridades! Esta equipa fabulosa de formadores > 55 anos, tratam muito bem de mim, a todo o instante se preocupam comigo e tratam de mim como se fosse uma rainha. São os meus protectores, tive muita sorte! Sr. M P, Sr. J S, Sr. D e Sr. M E, são os papás de serviço no Lobito. Durante a viagem Lisboa-Luanda os papás foram o Sr G e o Sr. B, que brevemente irei reencontrar no Lubango. Tenho algumas reservas quanto à organização dos materiais, em termos logísticos esta acção não está bem pensada. Para compensar em termos de coordenação on Job, a cargo do Sr. J S, é cinco estrelas...não...6 estrelas. Portanto família, está tudo “tranquilo”. Não há que temer o pior, pelo menos enquanto estiver aqui no Lobito, é uma terra pacífica…Luanda será outra história.

P.S.- obrigada pelos comentários, Popey, CC, Marguinha, RM,… poxa…aproximam-me muito de casa, fazem-me sentir mais perto e isso faz toda a diferença. O carinho da família e dos amigos é sempre especial. Bom, vou agora descansar um pouco, ver um pouco de tv angolana J até amanhã.

5 comentários:

PoPey disse...

Sim, sim... os chineses aí são "mais do que as mães" !! E trabalham que se fartam !! É giro observar que nos aeroportos há sempre lá vários chineses (chefes, claro !!), uns a partirem e outros a chegarem. Mas o mais giro mesmo é ver os navios chineses a chegarem aos portos de Angola e começarem a descarregar chineses e camiões !! yah, disse bem, chineses e camiões !! Depois são centenas de camiões chineses na estrada qual "ponte aérea" e carregados de chineses até não caber mais !! São "pau para toda a obra !!"

Baratinhas a passear... muita sorte tens tido tu de não as teres ainda visto a voar !! heheheh

Obrigado à referência ao Pinguim... para quem não sabe, é o Popey (the sailorman !!)

É bom saber que estás bem e a disfrutar dessa nova experiência !! como eu gostaria de estar contigo !!!

Beijos grandes, minha aventureira !!

marguinha disse...

Pelos vistos os pálidos minorcas estão all over the world a fazer pelo rápido progresso da humanidade.
Baratas enormes e voadoras?convivo de perto com elas aqui.
Miljinhos

luanis disse...

Da mesma forma que te sentes próxima dos teus amigos ao ler os nossos comentários, também nós nos sentimos próximos de ti ao ler os teus textos.
Continuo a dizer que adoro a forma como escreves.

CC disse...

Bemmm... tens mesmo que ser uma mrs creativity com todos esses imprevistos.
Fico mais descansada por saber que esses teus "papás" te protegem e que confias neles. Era um dos meus maiores receios, confesso.

Já viste? Os chineses são uns devoradores de oportunidades. Qualquer dia ficamos todos de olhos em bico :-)

PedrinhoSSM disse...

Adoro os teus textos.

1o dia de mais surpresas, boas ou más.

Bem vindos os tampões dos ouvidos para o barulho dos camiões.
Chineses bronzeados com os chapeus tipicos de palha redondos. Espero que tenhas tirado umas fotos.

No fim da viagem gostava de ver as tuas fotos da tua viagem a Angola.

Sobre o teres ficado sem materiais importantes ao teu trabalho é muito chato, mas é normal certos materiais passarem de umas pessoas para outras para levarem para outro país, tais como Lisboa-Luanda-Lisboa. Normalmente devia de tudo correr bem, mas ás vezes perdem-se pelo caminho.

Sobre o trabalho em si, muito chato os primeiros testes não terem corrido como esperavas. Esperemos que no 2o dia começem a melhorar.

Ainda bem que te dás muito bem com os teus colegas. E seres tratada de "Rainha" é sempre muito agradável. Quer dizer que se preocupam contigo. Podes ter a certeza que terás amigos para toda a vida.

Beijinho grande e espero que não te importes com o atraso que demoro a responder-te aos teus posts, mas tenho lido sempre que é possivel e quero mesmo acompanhar a tua viagem de trabalho por angola.