segunda-feira, 21 de junho de 2010

Cataratas do Niagara 09 a 11-06.2010 Parte 1

Chegámos às Cataratas do Niagara através de Buffalo - USA, no dia 09 de Junho. Caminhámos a pé pela ponte do Arco-iris (Rainbow Bridge), nela atravessámos a fronteira entre USA e CANADÁ. Durante a travessia confesso ter tropeçado algumas vezes nos meus próprios pés e mala enquanto olhava para as cataratas, é que os olhos fixam-se nelas e dali não querem sair, parece um feitiço que nos é lançado assim que olhamos pela 1ª vez.
A imagem mais bonita que tenho do Rio Niagara e Cataratas é esta:
Nesta altura estava na torre mais alta de Niagara, pode-se ver a sombra da torre junto das cataratas do lado dos Estados Unidos. Consegue-se ver bem a formação do Rio e a forma como ele se divide em várias cataratas, aqui apenas vemos duas, falta uma terceira que vem do lado do Canadá, é...creio a maior das três.

A primeira coisa que me surpreendeu foi o som arrebatador da água. São milhões de litros de água por minuto que por ali passam e que contribuem para um som massivo. A acompanhar o som da água temos as gotículas que viajam até mais de 400metros e nos salpicam o rosto permanentemente, enquanto vislumbramos esta maravilha da Natureza. Há que limpar a lente da máquina várias vezes durante o dia :)

Depois de atravessar a fronteira para o Canadá, apanhámos um taxi para o hotel Sheratton Fallsview. Fiquei bem alto e de frente para as Cataratas, aqui está a vista do quarto:


É super interessante ver o "fumo de água" que é libertado com a queda da água. Aqui nesta foto já se "vê" a parte canadiana também.
O dia estava fechado, o que não favorece a beleza da paisagem, mas o dia seguinte presenteou-nos com um sol deslumbrante durante a tarde e as fotos que tirei vão mostrar o que de melhor se pode aqui ver.

Neste dia aprendi que não se deve comprar tours pela net, salvo se o representante  tiver uma morada física no local  (o que não foi o caso)...resumindo e concluindo creio que nos "roubaram" o dinheiro. Ao telefone inventaram 1001 desculpas para o atraso da tour e acabámos por cancelá-la e pedir o dinheiro de volta...até hoje nada. Na realidade, os hotéis oferecem pacotes juntamente com os seus serviços, pelo que é bom comprar na hora. Mais sentido faz sendo uma tour nas Cataratas, porque o tempo pode estar menos bom e isso influencia bastante a qualidade do passeio. Assim sendo, acabámos por ter de comprar uma nova, pela 2ª vez e tivémos sorte no dia.

Recomendo o hotel Sheratton, escolhi este por ter vista integral sobre as cataratas Horseshoe Falls (as do Canadá). O preço dos quartos é convidativo e o conforto é óptimo.

Atenção a levar dólares americanos para o Canadá, apesar de valer mais eles fazem o câmbio por baixo e ainda cobram taxas, pelo que o dolar canadiano torna-se mais forte que o USD. Mais vale usar o VISA.



Até já.

2 comentários:

antonio disse...

Mais uma concluída com êxito. Houve alguns acontecimentos que vão permanecer na memória durante muitos anos.
onde será a próxima? O planeta já começa a ser pequeno! ser jovem é ser explorador, por isso, há que manter o espírito aberto e a mente ocupada.

Anónimo disse...

Vc foi de NY até as cataratas de carro? Quanto tempo demorou? Você voltou por qual aeroporto?
Priscila